Mena e Anisinha (2008)

Suas historias representam a mudança pela qual passou a literatura infanto-juvenil peruana nos últimos anos, como elogia Ana María Machado […] As historias para pequenos peruanos, diz ela, eram tradicionalmente marcadas pela “vontade de ensinar alguma coisa ou di dar liçoes de moral”. Já Garrido-lecca escrive tendo em vista o prázer de ler, e nada máis.

HGL-mena-e-anisinha-430